Comunidade Evangélica Luterana "Cristo"

Endereço: Rua Lincoln Byrro, 1520, Bairro São Paulo - Gov. Valadares, MG - Cep.: 35030-280;
Tel.:(33) 3021-6056;
E-mail: celcgv@gmail.com - Pastor Jadir Carlos Mundt
CULTOS AOS DOMINGOS ÀS 9H

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Reforma Luterana

Outubro é um mês muito especial para os cristãos Luteranos. 31 de Outubro é o dia da Reforma Luterana. Então vamos saber mais sobre Lutero e o que ele fez.

Martinho Lutero nasceu numa pequena cidade da Alemanha, chamada Eisleben, no dia 10 de novembro de 1483. Filho de João e Margareta. Aos 18 anos entrou na Universidade de Erfurt para fazer Direito, assim como seu pai queria. Foi na biblioteca dessa universidade que Lutero viu a Bíblia pela primeira vez.

Ele sempre achava que fazia coisas não agradáveis a Deus – e Deus, portanto estava irado com ele. Pensava que se viesse a se tornar monge e se dedicasse bastante a Deus, seria perdoado. Num dia chuvoso, um raio caiu bem perto de Lutero e, muito assustado, prometeu que se ficasse bem, se tornaria um monge. Entra para um monastério, da ordem dos Agostinianos, tornando-se, em 1507, um monge. Lutero acreditava que teria o perdão de Deus, se fizesse coisas boas. Então, ele se punia, passando fome, frio, dormindo no chão… Mas mesmo assim não tinha encontrado a paz que tanto queria.

Aos 25 anos, Lutero foi convidado para ser professor da Universidade de Wittenberg. Era professor de Filosofia e Bíblia. Foi nesta universidade que ele recebeu o título de Doutor em Teologia. Com isso, Lutero estudava mais e mais a Bíblia, onde aprendeu que Deus ama e, por isso perdoa. Ele enviou o seu Filho Jesus para nos salvar. Enquanto isso, em Roma, na Itália, o papa Leão X queria terminar a Basílica de São Pedro. Para isso, autorizou os padres a venderem indulgências (perdão dos pecados). O que mais se dedicou a vender indulgências foi Tetzel, ele fazia promessas absurdas.

Nessa época Lutero já sabia que as pessoas não precisavam se torturar e, muito menos, pagar para receber o perdão de Deus. Por isso, Lutero afixou, no dia 31 de outubro de 1517, na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, uma lista de 95 teses sobre como Deus oferece o perdão as pessoas. Em duas semanas toda a Alemanha já sabia das 95 teses. Lutero foi pressionado a se retratar, mas ele dizia que se alguém mostrasse com a Bíblia que ele estava errado, ele voltaria atrás. Não conseguiram! Então no ano de 1520, ele foi excomungado pelo Papa. A história não termina por aqui. Lutero lutou até o fim de sua vida para que nós, hoje, tivéssemos acesso a Palavra de Deus e conhecimento do perdão que Deus nos oferece gratuitamente.

Só temos que agradecer a Deus por ter despertado Lutero. Reforma é tempo de pensar na graça de Deus. 492 anos se passaram e a verdade continua em nosso meio. Que, por causa disso, possamos ser gratos a Deus!

Oração: Senhor Jesus, permitiste que a tua Palavra chegasse inalterada até nossos corações. Dá que possamos ser sempre fiéis a ti e a tua Palavra, todos os dias de nossas vidas, tendo, assim, a certeza da vida eterna. Amém!

Texto: Rev. Reginaldo V. Jacob;

oração e adaptação: Rev. André S. Dreher.

Nenhum comentário: