Comunidade Evangélica Luterana "Cristo"

Endereço: Rua Lincoln Byrro, 1520, Bairro São Paulo - Gov. Valadares, MG - Cep.: 35030-280;
Tel.:(33) 3021-6056;
E-mail: celcgv@gmail.com - Pastor Jadir Carlos Mundt
CULTOS AOS DOMINGOS ÀS 9H

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Culto e Aniversário em Pontal

Culto em Pontal




 Culto e Aniversário em Pontal
 

Bênção da Santa Ceia
O último Domingo foi um dia muito especial. Após 250km e Cultos em Conselheiro Pena, Pontal e Valadares, Sob o Tema Deus é Fiel! Eu Acredito, Pudemos ouvir a boa nova do Evangelho, e as promessas maravilhosas de Deus na vida das pessoas. É sempre bom saber que Deus tem uma bênção para nossa vida. É sempre bom saber que Deus é fiel e cumpre o que diz. É muito bom saber que Deus prometeu salvar a humanidade através de seu Filho, Jesus Cristo. É muito bom saber que Deus renova a cada manhã, a cada dia, suas bênçãos maravilhosas. Saúde, amigos, família, esperança, fé, perseverança - bênçãos que Deus concede a todos. Foi assim com a dona Paulina Brandemburg, que Domingo, 28, completou mais um ano de vida junto aos familiares e amigos. O Culto que aconteceu às 15h, em Pontal, foi muito especial. Com a presença de 22 pessoas, pudemos adorar a Deus e receber sua Bênção maravilhosa, o Evangelho. A dona Paulina, também, recebeu a Santa Ceia, de forma que pode alimentar sua fé no salvador Jesus.
Dona Paulina



Culto em Pontal
Feliz Aniversário

Feliz Aniversário 83 Anos


O último Domingo foi um dia muito especial. Após 250km e Cultos em Conselheiro Pena, Pontal e Valadares, Sob o Tema Deus é Fiel! Eu Acredito, Pudemos ouvir a boa nova do Evangelho, e as promessas maravilhosas de Deus na vida das pessoas. É sempre bom saber que Deus tem uma bênção para nossa vida. É sempre bom saber que Deus é fiel e cumpre o que diz. É muito bom saber que Deus prometeu salvar a humanidade através de seu Filho, Jesus Cristo. É muito bom saber que Deus renova a cada manhã, a cada dia, suas bênçãos maravilhosas. Saúde, amigos, família, esperança, fé, perseverança - bênçãos que Deus concede a todos. Foi assim com a dona Paulina Brandemburg, que Domingo, 28, completou mais um ano de vida junto aos familiares e amigos. O Culto que aconteceu às 15h, em Pontal, foi muito especial. Com a presença de 22 pessoas, pudemos adorar a Deus e receber sua Bênção maravilhosa, o Evangelho. A dona Paulina, também, recebeu a Santa Ceia, de forma que pode alimentar sua fé no salvador Jesus.

Obs.: Mensagem dos Cultos de Domingo logo abaixo

   ↓

sábado, 27 de julho de 2013

Deus é Fiel! Eu Acredito.


Tema: Deus é Fiel! Eu Acredito.
GoVal/Conselheiro Pena 28/07/2013
Régis Duarte Müller
10° Dom Ap Pentecostes – 28/07 a 04/08/2013
      
Textos Bíblicos: Salmo 138; Gênesis 18.(17-19)20-33; Colossenses 2.6-15(16-19); Lucas 11.1-13

Você é Fiel? Em uma escala de 0 a 10, qual é seu nível de fidelidade? Será que podemos fazer um nível de fidelidade? Será que uma nota ‘6’ me aprova em fidelidade? Será que somos ou fiéis ou infiéis?
Mas o que vem a ser fidelidade? Somos capazes de ser fiéis?
A bíblia nos fala sobre o assunto em vários momentos, abaixo vemos alguns exemplos:
·        Salmo 119.30Eu escolhi o caminho da fidelidade e tenho dado atenção às tuas ordens”;
·        Gálatas 5.22Mas o Espírito de Deus produz o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade”;
·        Provérbios 3.3Não abandone a lealdade e a fidelidade; guarde-as sempre bem gravadas no coração”.
·        O Primeiro texto trata a fidelidade como uma escolha; o segundo como fruto do Espírito, e o terceiro como algo que precisa ser gravado dentro e fora do corpo.
Ao abrirmos os textos dessa semana nos deparamos com a infidelidade humana diante da fidelidade de Deus. Sodoma e Gomorra, é a prova firme da infidelidade humana em contraposição com a fidelidade de Deus, através do ouvir atento às orações do seu povo.
É interessante a interação entre Abraão e Deus no texto de Gênesis. Em forma de diálogo, de oração, Abraão pede em favor das cidades, a fim de que Deus não destruísse tais lugares. Com paciência pede por 50 que sejam fieis, por 45, 40, 30, 20, 10... E Deus promete não destruir as cidades se encontrar 10 fiéis. No entanto, não havia nem 5. Ainda assim, Deus livra aqueles 4 da morte e destruição, sendo eles: Ló, sua mulher, e suas duas filhas.
Mesmo com a destruição daqueles lugares, a infidelidade e a malícia continuavam a existir. Foi assim durante todo tempo bíblico, e continua assim em nosso tempo, mesmo dentro da igreja. Isso acontece por causa da fraqueza humana e de sua infidelidade!
Ao mesmo tempo, é interessante notar como as pessoas são fiéis a um time de futebol, a determinadas celebridades, a certos compromissos mundanos, enfim a coisas sem valor ou que não mereciam tamanha adoração.

Há poucos dias pudemos acompanhar Torcedores fanáticos compartilhando e apresentando frases com dizeres: “EU ACREDITO”, ou “Yes. We 'C.A.M.'”, que é para significar: Sim. Nós podemos (Yes. We Can). Contudo, o que chama a atenção é a fé e a fidelidade impressionante das pessoas por uma conquista corruptível, passageira.
As conquistas terrenas são muito importantes, nos trazem alegria, animação e orgulho. Mas irão passar. Quem se prende demasiadamente nestas coisas corre o risco de ficar sem o principal prêmio: A Vida Eterna (1Co 9.25).
O julgamento final é inevitável. Todos passarão por ele, pois Deus é fiel e cumpre o que diz. Desse modo, todos que forem infiéis serão condenados e destruídos, assim como Sodoma e Gomorra.
Deus é fiel e cumpre o que diz, de modo que destruirá quem for infiel. Contudo, as palavras de João são animadoras: “Deus é fiel e justo para perdoar os nossos pecados, e não somente os nossos, mas ainda, os do mundo inteiro” (1Jo 2.2).
Essa é a grande mensagem bíblica, e o grande ensino que Paulo queria transmitir aos colossenses e também a nós, hoje. Diante do sincretismo religioso presente nesta igreja do Novo Testamento (Presente na Igreja de Colossenses, e também nos dias atuais, onde tudo é bom, o que importa é acreditar em Deus, Deus é amor etc. ele mostra que a única salvação encontra-se em Jesus.
Muitas religiões e filosofias tentam iludir as pessoas tentando mostrar que tudo é bom, tentando inserir falsos ensinos no mesmo plano da verdade bíblica.
É diante destas situações de dificuldades, de dúvidas e controvérsias que podemos lançar a Deus nossas orações, confiando na fidelidade de Deus para nos fortalecer a fé, nos dar sabedoria para discernir os falsos ensinos, receber seu perdão, buscar ajuda nas provações. Como afirma Davi: “Tu estás nas alturas, mas assim mesmo te interessas pelos humildes” (Salmo 138.6).
Sim, Deus se interessa por nossas orações. Foi assim que Deus deu ouvidos à Abraão; e, também, foi assim que Deus atendeu a Davi, que encerra sua oração confiante:
Tu cumprirás tudo o que me prometeste” (Sl 138.8).
Muitas pessoas desconfiam, ou não creditam valor às promessas bíblicas. Para muitos talvez seja mais fácil acreditar em um clube, em sincretismos, falsos pastores e ensinos. Mas o fato é que O Senhor não demora a fazer o que prometeu, como alguns pensam. Pelo contrário, ele tem paciência com vocês porque não quer que ninguém seja destruído, mas deseja que todos se arrependam dos seus pecados (2Pe 3.9).
Deus é fiel e irá cumprir com o que prometeu. Chegará o dia da volta de Cristo para julgar os vivos e os mortos, e todos que permanecerem fiéis a Jesus Cristo, o Senhor, serão salvos.
A salvação das pessoas é uma garantia da promessa de Deus. Promessa esta concretizada em Jesus Cristo. Através do Espírito Santo que nos chama, e da obra de Jesus, nos tornamos fiéis a Deus. Desta forma, quem for Fiel a Jesus até o fim, este será salvo.
A fim de permanecermos fiéis a Deus, Jesus envia o Espírito Santo. É o Espírito de Deus que nos consola, fortalece e santifica.
Além de enviar o Espírito Santo, Jesus nos ensina uma ‘ferramenta’ muito importante: A Oração. A Oração é o diálogo entre os cristãos e Deus. Deus é Fiel e promete ouvir nossas orações. Como diz Jesus: “Por isso, vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e o que bate, abrir-se-lhe-á” (Lc 11.9-10).
Diante da infidelidade humana, encontramos o refúgio da fidelidade de Deus. Portanto, entrega teu caminho ao Senhor, Confia nele, e o mais ele fará (Sl 37.5). Sim. Deus é Fiel. Eu Acredito.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

29° Congresso DIMI-Jovens

Diretoria Chamando a Todos Bem-Vindos
Os dias 19, 20 e 21 de Julho foram muito especiais. A Diretoria Distrital de Jovens, composta por membros  e pastor da CEL Cristo de Governador Valadares sediaram o congresso no Centro de Formação Sagrada Família. Se fizeram presente mais de 100 jovens e membros de todas as Comunidades do Distrito Mineiro: Bom Pastor - BH; Cordeiro de Deus - BH; Paz - Ipatinga; Cristo - Governador Valadares; e Teófilo Otoni. Além destes, estiveram abrilhantando o congresso o pastor Nivaldo Schneider de Vila Velha, ES, que trouxe a Palestra para os congressistas "Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio" (Jo 20.21). Do Espírito Santo também veio a Banda Criados por Cristo, que administrou o louvor do Congresso, animando os congressistas a adorar a Deus através do canto. O Congresso também contou com a presença da Hora Luterana, na pessoa do Pastor Fernando Henrique Huf e de sua família. O pastor Fernando motivou os jovens que saíram para rua para Evangelização. Todos tiveram e trouxeram grandes experiências, compreendendo a importância como 'enviados de Cristo'.


Abertura Oficial do Congresso, pela Diretoria - DIMI Jovens - Devoção Pastor Régis Müller, GV.

João 20.21 “Assim como o Pai me enviou, eu também envio vocês”.

Jesus já havia concretizado sua obra, tornou-se o sacrifício perfeito pelos pecados do ser humano. Enviado pelo Pai, Jesus veio ao mundo para sofrer e morrer em uma cruz. Cumprida sua missão, é hora de voltar ao céu e ficar junto ao Pai. Mas, e todos que creram em Jesus, ficarão abandonados? Serão mortos assim como Jesus?
Nesta situação de dúvida e medo, Jesus aparece e lhes diz: “Que a Paz esteja com vocês!”. O medo, desconfiança e o sentimento de estar sozinho dão lugar à CONFIANÇA e Vitória. Jesus não está morto, mas vive!
Após encher todos seus discípulos de confiança pela vitória alcançada, Jesus faz uma instrução. Na verdade, dá-lhes uma ordem: “Assim como o Pai me enviou, eu também envio vocês”.
Jesus já havia feito sua parte, venceu o mal e dá oportunidade a todos de receberem a Vitória. Por isso Jesus envia, inspira e autoriza.
Jesus nos ENVIA: Somos enviados à mesma obra de Jesus. Contudo, não vamos sofrer, nem morrer pelos pecados dos outros. Mas vamos ajuda-los a crer em Jesus e em seu sacrifício perfeito. Você crê em Jesus? Então ele te envia a levar sua Boa Nova a quem não conhece ou está afastado.
Jesus nos INSPIRA: Mas como farei isso? Eu não sei falar (Moisés)! Eu tenho vergonha! Eu tenho medo (Elias, Jonas)... De fato, por conta própria não somos capazes. Temos Medo! Temos vergonha! Contudo, Jesus nos INSPIRA. Na verdade, ele nos concede o Espírito Santo. O Espírito Santo nos motiva e capacita.
Jesus nos AUTORIZA: Jesus nos envia a salvar pessoas. Isso implica em advertir sobre os pecados, a fim de se arrependerem, e consequentemente, receberem o PERDÃO de seus pecados.
Portanto, queridos amigos. Jesus nos ENVIA ao mundo INSPIRADOS pelo Espírito Santo, e nos AUTORIZA para anunciar a Boa Nova: A Boa Nova do PERDÃO; a Boa Nova da SALVAÇÃO.
Que Deus nos abençoe nesta obra tão sublime e importante.
Estamos contagiados por tudo que Jesus fez por nós. Vamos, nós também, CONTAGIAR quem nos cerca. Que assim seja. Pelo amor de Deus. Amém.

Devoção Paz - Ipatinga
Logo após a abertura do Congresso, a Comunidade e Jovens de Ipatinga fizeram sua devoção baseada em Colossenses 1.10, em seguida, apresentando um belo Jogral.










Pastor Nivaldo Schneider
Após a Devoção de Ipatinga tivemos a honra de receber o pastor Nivaldo Schneider, que trouxe a Palestra baseada em João 20.21 "Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio". Foi uma oportunidade impar
para compreender a importância da missão da igreja, de modo que, na verdade, é nossa.
O Congresso teve oportunidade de ouvir o palestrante no período das 10h ao meio dia, com intervalo.
Devoção Cordeiro de Deus - BH







A parte da tarde de sábado começou com a Devoção da Cordeiro de Deus, de BH. Pastor e Jovem fizeram um diálogo discutindo a participação dos jovens e membros no trabalho da Igreja, as tentações e dificuldades que sofremos durante nossa caminhada.



Pastor Fernando H. Huf
 500 Livretes a serem entregues.
Com objetivo de colocar em prática a Palestra do pastor Nivaldo Schneider, recebemos a Presença da hora Luterana, na motivação, instrução e dedicação do pastor Fernando Henrique Huf que entusiasmou os
Saindo para a prática Missionária
congressistas a praticarem a Evangelização. Após apresentação dos objetivos, instruções... saímos para rua para doar livretes de esperança. Foi um momento muito abençoado que ocasionou a todos grandes experiências evangelísticas, nos despertando para a Missão e nos fazendo compreender que fomos 'enviados por Cristo'. Após a apresentação e oração pedindo a orientação e proteção de Deus, saímos para rua com a Bênção Divina. Assim terminou a tarde dos congressistas.


Enviados por Cristo - jovens levando esperança

Enviados por Cristo - jovens levando esperança

Enviados por Cristo - jovens levando esperança

Enviados por Cristo - jovens levando esperança

Enviados por Cristo - jovens levando esperança

Enviados por Cristo - jovens levando esperança

Enviados por Cristo - jovens levando esperança


Devoção Teófilo Otoni
O Noite também começou com devoção, desta vez, dos jovens de Teófilo Otoni. Após a devoção foi o momento das apresentações culturais. Jovens de Ipatinga e Teófilo Otoni apresentaram esquetes que alegraram o congresso, e por fim, a Banda Criados por Cristo enalteceu a Deus através do Louvor, motivando os congressistas a Adoração a Deus. Assim como diz o Salmo 150, todos louvaram a Deus através da música, da dança, dos instrumentos... A Banda Criados por Cristo é uma Bênção, que através de seus dons ajudam outras pessoas a louvarem a Deus. Deus seja louvado por tudo isso que aconteceu no sábado do congresso.
Dança Litúrgica Ipatinga
Esquete Ipatinga


Esquete Teófilo Otoni

Esquete Ipatinga

Jovens Louvando a Deus

Banda Criados por Cristo

Banda Criados por Cristo





Devoção Bom Pastor - BH
O domingo foi o dia de encerramento do Congresso. Começamos a manhã de domingo com a devoção realizada pelos jovens da Bom Pastor - BH. Baseado no texto de Mateus 20, podemos compreender que indiferente da hora, quem Deus chamar receberá o mesmo salário.








Após a Devoção, tivemos os momentos de apresentação da Hora Luterana, qual seu objetivo, como
Pastor Fernando recebendo Mimo da Presidente Gesiane
podemos contribuir com a evangelização e como podemos nos tornar evangelizadores. Neste momento o pastor Fernando e a Banda receberam os mimos em agradecimento pela presença no congresso, e pela participação e contribuição tão especial.
Aconteceu também a plenária, destacando a importância de as comunidades e uniões juvenis se prepararem para os eventos distritais, especialmente o congresso, contribuindo e facilitando a organização pela diretoria em exercício. Ficou definido o local do próximo congresso, bem como sua diretoria. A Nova Diretoria de Jovens do Distrito será composta por membros de Ipatinga, tendo como Conselheiro o pastor Reginaldo, da Comunidade Paz.

Por fim, o congresso encerrou com um belo culto, tendo como tema: Filhos Impossíveis! Mensagem trazida
Mensagem: Filhos Impossíveis! Pastor Fernando Huf
pelo pastor Fernando, nos mostrando que também somos filhos Impossíveis!
Sendo assim, o Culto contou com a participação dos pastores Edson, da Cordeiro de Deus - BH; Reginaldo, da Paz - Ipatinga; Fernando H. Huf - Hora Luterana - SP; e do pastor local Régis - Governador Valadares. O louvor foi realizado pela Banda criados por Cristo.






Instalação Nova Diretoria de jovens - Ipatinga
Desinstalação Diretoria em Exercício - Governador Valadares
Santa Ceia

Culto

Bênção
Hino Juventude Luterana Forte em Santa União

Pastor Fernando e Família

Banda Criados por Cristo
Banda Criados por Cristo + Hora Luterana + Dimi Jovens
Foto Oficial 29° Congresso DIMI-Jovens

domingo, 14 de julho de 2013

Lição de Amor!

Tema: Lição de Amor!
GoVal/Conselheiro Pena 14/07/2013
Régis Duarte Müller
8° Dom Ap Pentecostes – 14/07 a 21/07/2013

Textos Bíblicos: Salmo 41; Levítico (18.1-5) 19.9-18; Colossenses 1.1-14; Lucas 10.25-37

Estatutos são importantes, pois servem para demonstrar as intenções de uma instituição, e os procedimentos que se devem seguir. O estatuto esclarece as regras, os direitos e deveres de todos, e toda organização precisa tê-lo para uma melhor ordem.
A verdade é que essas regras não são coisas novas, o próprio Senhor deu estatutos ao seu povo, prometendo vida a quem os guardasse e cumprisse. Como vemos: “Eu sou o SENHOR, vosso Deus. Portanto, os meus estatutos e os meus juízos guardareis; cumprindo-os, o homem viverá por eles. Eu sou o SENHOR” (Lv 18.4-5).
Contudo, estatutos não são feitos apenas para formalidades, mas para serem cumpridos. Portanto, é necessário sabe-los, mas também, coloca-los em prática.
Nós também temos estatutos, aos quais respeitamos, guardamos e praticamos. Estatutos formais e estatutos informais. Alguns que são das instituições em que frequentamos e participamos, outros sociais, como a família. Pois mesmo sem um documento formal, eles estão presentes, afinal, temos hora para comer, hora para dormir, hora para trabalhar, hora para se divertir... Em todo caso, o objetivo de todas essas regras é tornar as coisas organizadas e com decência (1Co 14.14).
As regras e estatutos são importantes, mas precisam vir seguidas de ação. Essa lição nós aprendemos do diálogo entre Jesus e o intérprete da Lei. O Intérprete questiona a Jesus: “Mestre, que farei para herdar a vida eterna?” Então, Jesus lhe respondeu: “Que está escrito na Lei? Como interpretas?” Ele respondeu: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o entendimento; e: Amarás o teu próximo como a ti mesmo (Lc 10.25-27).
A resposta do intérprete é perfeita, e essa também costuma ser a nossa resposta diante de muitas situações. Sabemos as coisas na ponta da língua, mas não praticamos.
Sabemos a hora que nossos pais nos querem em casa, mas chegamos mais tarde! Aceitamos e firmamos contratos, mas muitas vezes deixamos de cumpri-los! Sabemos que não podemos passar no sinal vermelho, sabemos que precisamos andar dentro da velocidade permitida, mas descumprimos!
Conhecemos as leis, conhecemos as regras, mas não cumprimos. Não cumprir as regras e as leis pode resultar em constrangimentos e punições: Os pais dão castigos aos filhos, quebras de contratos geram multas, assim como passar no sinal vermelho ou exceder a velocidade permitida.
Todos os estatutos estão no mundo para nos fazer viver em sociedade. É nesse sentido, com o fim de ajudar o próximo, que Deus deixou suas leis, que se resumem em um só mandamento muito bem exposto pelo intérprete. Nós também conhecemos este mandamento, mas o praticamos? Sabemos quem é nosso próximo? Ou será que fazemos distinção entre as pessoas e escolhemos a quem ajudar?
Jesus deu uma lição de amor ao intérprete da Lei, e também a todos nós contando a Parábola do Bom Samaritano. Também nos mostrou que a Lei deve ser seguida de ação, atitude amorosa em prol da necessidade, seja quem for, onde for e como for.
Também nos mostra que qualquer pessoa pode tomar decisões erradas ou omissas, mesmo sendo Sacerdote (Pastor) ou levita (diácono/crente). Muitas vezes ainda dizemos: “Gostaria tanto de ajudar, mas não posso!”. O relato nos mostra que um samaritano ajudou aquele homem. O samaritano era alguém mau visto, não fazia parte do povo da aliança, era até hostilizado por causa de sua origem, enfim, um gentio.
Todos podem fazer o bem, estar próximo de quem precisa e necessita. Aqueles que conhecem os estatutos de Deus devem agir assim em resposta à fé no salvador Jesus. Afinal, “já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim” (Gl 2.20). O próprio Paulo repete de forma parecida dirigindo-se aos Colossenses, afirmando a fé que possuem em Jesus Cristo e do amor quem tem uns para com os outros “... Quando oramos por vós, desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que tendes para com todos os santos...” (Cl 1.4).
Mas o Grande Evangelho, e Lição de Amor vêm de Cristo. Ele foi o nosso ‘samaritano’, pois estávamos jogados ao chão, praticamente mortos, ninguém se importava.
Jesus Cristo nos levantou e cuidou de nossas feridas, nos trouxe da morte para a vida, e ainda promete uma saúde perfeita na vida que nunca termina.
Mas nesta vida já recebemos bênçãos. Bênçãos que vem para nós, mas que prolongamos a quem nos cerca. A Lição de Amor do bom samaritano, a Lição de Amor perfeito do Bom pastor Jesus apresentam o Estatuto na prática. Não apenas na memória ou nas palavras, mas na atitude.
Queridos irmãos, temos os estatutos para nos indicar o caminho, nos mostrar como devemos agir, enfim. Sem dúvida precisamos agir e buscar realiza-los. Mas alguém é capaz de cumprir a lei? Não, mas por causa de Cristo, somos ao mesmo tempo pecadores e justos. Por natureza somos pecadores, e estamos judiados, abandonados à margem, mas temos a promessa de Deus de que ele irá nos libertar do pecado até nos curar completamente.
Desse modo, sabemos que não somos perfeitos e até injustos. Mas por Cristo, por sua lição de amor, por sua obra libertadora, temos a possibilidade de ajudar quem nos cerca.
Não podemos nos omitir, nem nos esquivar diante de situações de necessidade. Em cumprimento ao Estatuto de Deus praticamos a lei do amor, não como uma ação propriamente nossa, mas inspirada por Deus, através do Espírito Santo. Que Deus sempre nos ajude a compreender e crer na Lição de Amor que Jesus nos deu, e que nos inspire a viver cristãmente. Em nome de Jesus. Amém.


segunda-feira, 8 de julho de 2013

INFORmaisCristo

Comunidade Evangélica Luterana “Cristo”
Governador Valadares – MG – 3221 3377
INFORmaisCRISTO
Ano III– 67° Edição – Modelo II - 2013
 


Salmo 66.1-7; Isaías 66.10-14; Gálatas 6.1-10,14-18; Lucas 10.1-20
Qual Evangelho nós cremos?
Você já errou? Alguém ajudou você ou costuma ajudar quando erra? Vocês costumam receber ajuda diante dos erros ou censura? Seja de uma ou de outra forma, o fato é: Quem nunca errou? Diante disso, então, qual deve ser nossa atitude diante das pessoas que erram, que fazem coisas erradas e pecam? Através do Apóstolo Paulo, e de sua carta aos gálatas, notamos a importância de ajudar uns aos outros em suas dificuldades, especialmente quando fazemos alguma coisa errado. Não devemos julgar, fofocar, mas ajudá-lo a resolver seus erros para receber a graça e o amor de Deus, pois “se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura” (Gl.6.1). Após a correção, vem o arrependimento e o perdão do Deus Pai “como alguém a quem a mãe consola, assim eu vos consolarei” (Is 66.13). Que assim seja. Amém.

Próximos Eventos: Fique Ligado e ANOTE em Sua Agenda
Limpeza da Igreja                                     Organização do Altar – Cafezinho
07/07
João Dias e Família
07/07
Maria Edite e Gesiane
14/07
Armanda
14/07
Sirlei
21/07
Judith
21/07
Judith, Gesiane e Scheila
28/07
Marcelo e Família
28/07
Maria Inez
04/08
Marcio e Família
04/08
Rosa

Calendário de Julho

Segunda
Terça
Quarta
Quinta

Sexta
Sábado
Domingo
ANIVERSARIANTES

04/07 – Sirlei Bausen
07/07 – Ana Paula
16/07 – Ivanir
26/07 – Dayse

“Rendei graças ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre”. (Sl 118.1).



Estudo
Particular
Visitas
03/07 Est. Igreja
10/07 Vis e Cul C.Pena
24/07 Vis e Cul C.Pena
19h Prof. de Fé
Coral – Retorna em Agosto
06/07 Vis. Hosp.
13/07 Instrução (dia 27)
 Reunião DIMI-J
20/07 Cong. Jov

07/07 Culto – GV
14/07 Culto – GV
21/07 Cong. Jov
28/07 Culto - GV


Blogs da Igreja:

http://rdmteo.wordpress.com/                                            http://igrejaluteranagv.blogspot.com.br/