Comunidade Evangélica Luterana "Cristo"

Endereço: Rua Lincoln Byrro, 1520, Bairro São Paulo - Gov. Valadares, MG - Cep.: 35030-280;
Tel.:(33) 3021-6056;
E-mail: celcgv@gmail.com - Pastor Jadir Carlos Mundt
CULTOS AOS DOMINGOS ÀS 9H

sábado, 1 de setembro de 2012

Deus Existe - 13° Dom Pentecostes


Deus Existe?
GoVal – 26/08/12
Textos Bíblicos: Salmo 14; Isaías 29.11-19; Efésios 5.22-33; Marcos 7.1-13
Régis Duarte Müller

Diz o insensato no seu coração: Não há Deus. Corrompem-se e praticam abominação; já não há quem faça o bem” (Sl 14.1).  
É comum vermos pessoas duvidando da existência de Deus, outros que afirmam sua inexistência, ou ainda, aqueles que acham que existe um Deus, mas não se preocupam em respeitá-lo, amá-lo e glorifica-lo.
Um dos assuntos, talvez mais abordados no mundo, está relacionado a Deus. Por isso, diante da questão: Deus existe ou Deus não existe, podemos encontrar uma série de estudos e teses.
O exemplo disso encontra-se em uma simples pesquisa no Google. Pesquisando o tema: Deus existe? O Google nos remete em apenas 0,20 segundos a 8.100.000 resultados, enquanto que, a pesquisa: Deus não existe? Remete-nos a nada menos que 15.100.000 resultados. Ou seja, quase o dobro de resultados.
Pelo pressuposto de que todos nós acreditamos na existência de Deus, pergunto: Porque existem tantas dúvidas sobre a existência de Deus?
Os textos bíblicos deste final de semana nos chamam atenção para a corrupção do pecador e sua redenção. De modo geral, esse é o tema de todos os textos que a pouco lemos.
Em decorrência de fatos históricos, não é de se estranhar o grande número de pessoas que não creem em Deus, até porque, o natural do ser humano é viver afastado de Deus por causa do pecado.
Para testificar esta afirmação basta abrirmos o próprio texto bíblico:
1. “O Senhor disse: Visto que este povo se aproxima de mim e com a sua boca e com os seus lábios me honra, mas o seu coração está longe de mim, e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, que maquinalmente aprendeu” (Is 29.13) – Com esse exemplo notamos que as pessoas dizem crer em Deus, mas o coração encontra-se distante de Deus.   
2. E o próprio Jesus, mais tarde vai repetir: “Bem profetizou Isaías a respeito de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. Negligenciando o mandamento de Deus, guardais a tradição dos homens” (Mc 7.6-8).
3. “Diz o insensato no seu coração: Não há Deus” (Sl 14.1).

Tanto aqueles que se dizem crentes, mas não passam de hipócritas, quanto os que afirmam não existir um Deus – estão afastados de Deus e não conhecem a Deus.
Mas ainda que existam estudos muito bem elaborados, ainda que pessoas façam esforços enormes para provar que Deus não existe, todas as coisas nos levam para a existência de Deus.
A natureza prova a existência de Deus, e Romanos 1.19-20 nos ajuda a compreender isso: “porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis”. Portanto, as coisas que foram criadas testificam a existência de Deus, ainda que “ninguém jamais tenha visto a Deus” (Jo 1.18).
O fato crítico para aqueles que não acreditam na existência de Deus, ou aqueles que são “crentes de boca”, é o resultado de sua atitude: pois são considerados por Deus como indesculpáveis.
O próprio Salmo nos mostra a situação que o povo encontra-se: “Todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem um sequer” (Sl 14.3).
Nós também somos pessoas extraviadas e corrompidas, que não praticamos o bem. Além disso, talvez também sejamos frequentemente abatidos pelo sentimento de dúvida, assim como Tomé, que duvidou da ressurreição de Jesus (Jo 20.27). Mas o grande fato é este: é tolice supor que Deus não existe, que tudo no mundo tenha surgido por si mesmo, enfim. Quem assim acredita é insensato e indesculpável perante Deus.
Por mais que muitos se prendam a questionar racionalmente a existência de tudo, não podemos negar que tudo nos leva a comprovar que Deus sempre existiu, desde antes da criação do mundo.
É verdade também, que algumas pessoas deixam de acreditar em Deus por causa de alguma coisa dita por alguém em nome de Deus. Muitas são as pessoas que realmente não conhecem a Deus, e por isso, estão afastadas. Muitos não conseguem entender a existência de Deus por quaisquer meios existentes, como a natureza e a consciência. Mas Deus já ‘sabia’ disto, e por isso, a fim de que o ser humano soubesse que Ele é o Deus verdadeiro e soubesse como adorá-lo devidamente, revelou-se mais completamente na Bíblia. Portanto, enquanto a natureza nos diz que há um Deus, a Bíblia nos diz quem é este Deus.
Querido amigo, o mundo, o diabo e tantas outras coisas querem nos desacreditar de Deus. Muitas vezes até mesmo Igrejas nos levam a questionar Deus, diante de seus ensinos falsos. Mas o grande conforto e consolo estão presentes unicamente no Deus que sempre existiu (Ex 3.14; Is 44.6).
Ora, irmãos, assim como a Palavra de Deus encontra dificuldades para ser anunciada e expandida, assim também, os seus fiéis encontram dificuldades para viver de modo digno e coerente com os ensinos bíblicos. Isso porque Os maus fazem com que fracassem as esperanças dos necessitados, mas estes são protegidos pelo Senhor” (Sl 14.6).
Realmente podemos encontrar dificuldades e problemas, mas devido à fé que temos em Deus, e em seu grande poder e misericórdia, podemos nos alegrar e cantar louvores aos altos dos céus, pois unidos a Deus, o nosso SENHOR, estamos protegidos.
Por isso, se em algum momento você for questionado: Deus existe? Você vai saber responder. Vai saber dizer que tudo o que está em nossa volta é criação de Deus; vai saber dizer que até mesmo nossa consciência sabe que existe um Deus. Vai saber dizer que é ele o teu protetor diário, o sustentador e principalmente: o Salvador. Graças a Deus, o Senhor, que enviou Jesus Cristo ao mundo para ser o nosso salvador.
Sim. Eu Creio. Deus existe.

Fontes: 
Sumário da Doutrina Cristã.
Comentário Esperança. Evangelho de Marcos. Adolf Pohl.
Novo Testamento Interlinear.



Nenhum comentário: