Comunidade Evangélica Luterana "Cristo"

Endereço: Rua Lincoln Byrro, 1520, Bairro São Paulo - Gov. Valadares, MG - Cep.: 35030-280;
Tel.:(33) 3021-6056;
E-mail: celcgv@gmail.com - Pastor Jadir Carlos Mundt
CULTOS AOS DOMINGOS ÀS 9H

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Domingo de Pentecostes - Aniversário da JELB - Identidade Cristã


Identidade Cristã”.
GoVal 27/05/2012
Régis Duarte Müller
Domingo de Pentecostes – 27/05 a 03/06/2012
Textos Bíblicos: Salmo 139.1-12; Ezequiel 37.1-14; Atos 2.1-21; João 15.26-27, 16.4b-15

Todas as pessoas precisam fazer um documento chamado de “carteira de identidade”. A carteira de identidade possui uma função muito importante. Ela permite mostrar que fazemos parte de uma sociedade, e ainda mais, é necessário apresentar o documento de identidade em muitos lugares.
No caso dos idosos, a carteira de identidade permite que eles usem conduções publicas gratuitamente. Em outros casos, é preciso apresentar o documento para criar uma conta bancária, para fazer um passaporte, ingressar na faculdade etc.
Segundo instruções de segurança, é importante que se faça o documento para crianças a partir de dois anos idade. Por esses e muitos outros motivos percebemos a importância da Identidade. Essas são as funções da identidade enquanto banco de dados, onde cada indivíduo recebe o seu número de Registro Geral.
Pensando apenas no termo, notamos que a palavra é estudada por diversos grupos, como, por exemplo: Sociólogos, antropólogos, pela medicina, direito e filosofia. Todas as formas de ver e entender a identidade são importantes.

O jovem cristão também tem uma identidade. Uma identidade que está diretamente relacionada a Deus. Uma identidade que faz a sociologia entender como um compartilhar de ideias e ideais no local onde realiza sua interação social; Que faz a antropologia entender como referências e influências percebidas por outras pessoas; Que faz o direito afirmar como algo que torna a pessoa única e particular, diferenciando-o dos demais seres.
Ok. Até aqui tudo bem. Mas como o jovem cristão assume esta identidade? Como ele adquire esta forma de viver?
Na verdade nós já nascemos com certo “RG”, no entanto, é um documento ‘estragado’, inválido. Precisamos receber um novo documento, e isto não acontece através de nós, mas é o Espírito Santo quem cria. Digamos que o Espírito Santo de Deus é o Emissor da nossa Identidade Cristã.
Ao lermos o texto de Atos 2.1-21, podemos compreender melhor como acontece a “emissão” do Documento Cristão. Vejamos o Seguinte: “Ao cumprir-se o dia de Pentecostes... veio do céu um som, como de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam assentados. E apareceram, distribuídas entre eles, línguas, como de fogo, e pousou uma sobre cada um deles” (At 2.1-3). Neste momento, cada pessoa estava recebendo a sua identidade, única, intransferível.
Nós também recebemos esta identidade. Nós a recebemos pelo ouvir da Pregação da Palavra de Deus e através do Batismo. Não é uma ação que parte de nós, mas é o próprio Espírito Santo quem gera, ‘emite’ em nosso coração. Além do mais, nos dá condições para manter nossa fé viva e atuante através das oportunidades de Estudo Bíblico, de culto e pelo participar à Santa Ceia.
Uma vez que recebemos nossa identidade, precisamos cuidar dela. Não é uma tarefa fácil, mas dura e cheia de dificuldades. Esta é a realidade que o jovem cristão enfrenta em seu dia a dia. Diante das muitas alternativas que o mundo oferece, a caminhada do jovem se torna bem mais complicada!
No meio desse caminho, o jovem pode acabar perdendo sua identidade, pode acaba sendo questionado: Quais caminhos você tem tomado? Quais os teus pensamentos, sentimentos? Pode ser repreendido: afinal, quem é você?
Essa é a constatação que se faz para alguém que tem perdido a identidade. Pois quando os caminhos tomados não são os caminhos que Deus orientou, quer dizer, o caminho que tem a Cristo como o Senhor e Salvador, que busca viver em santidade, busca praticar o bem, o amor a Deus e ao semelhante. Consequentemente também, os pensamentos e os sentimentos não estarão em Deus e em suas promessas, mas nas outras coisas, nas coisas que Deus condena, não aprova.
Aqui também podemos fazer uma pergunta para orientar nossa reflexão: Jovens, com o que você se identifica?
Essa pergunta é crucial para o Jovem, pois vai definir a sua identidade. É importante você notar o seguinte: O que define sua identidade não é o documento de papel plastificado, mas sim sua maneira de viver, suas atitudes. Desta forma, se você identifica-se mais com o mundo e aquilo que ele oferece, como os prazeres carnais e passageiros, com certeza você não terá nenhuma identidade com os caminhos de Deus e com uma vida santificada.
Lembremos que o próprio Deus veio ao mundo através de Jesus Cristo, e o mundo o rejeitou. Por isso, Jesus fez a seguinte oração a Deus: “Eu lhes tenho dado a tua Palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou” (Jo 17.14 – Pode-se ler ainda Jo 17.11-19).
Diante dessa constatação e do versículo citado tentemos responder a pergunta que há pouco nos foi feita: “Com o que você se identifica?” Obviamente vai responder: Se eu tenho fé, é claro que vou me identificar com Cristo; vou buscar viver em santidade e procurar amar a Deus e ao próximo.

Com certeza. Esse é o sentimento, o pensamento e a atitude do jovem cristão. Mas é bom compreender também, que não estamos sozinhos nesta árdua empreitada. Sabendo de como é viver neste mundo, Jesus Cristo promete nos enviar o Consolador. Jesus conhece o mundo e as dificuldades de viver aqui, as tentações e os muitos caminhos e alternativas que temos. É necessário que Jesus Cristo vá para junto do Pai, mas ele não vai nos deixar sozinhos, vai nos mandar o Espírito Santo – o Consolador.
A função do Consolador é clara, como vemos nas palavras de Jesus: “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: Do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para o Pai e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado... Quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade” (Jo 16.8-11, 13).
Queridos jovens o mundo está aí, nós vivemos nele e não tem como ser diferente. Mas enquanto estivermos neste mundo, assim como Jesus Cristo enviou o Consolador e fez com que emitisse uma carteira de identidade para cada um de nós, assim também, temos a grata oportunidade de sermos aqui no mundo instrumentos de Deus.
 O Espírito Santo vai usar a cada um de nós como pregadores da Palavra de Deus, a fim de que o Consolador possa agir e emitir muitas e muitas identidades cristãs; trazendo muitos e muitos jovens e pessoas para a mesma fé, que você e eu já compartilhamos.
Que grande alegria, que grande benção que grande oportunidade Deus colocou em nossas mãos. Mãos de jovens, vida de jovens que creem em Jesus Cristo e o confessam, e que tem o grato desafio de levar Cristo para todos. Mas saiba que não estamos sozinhos: o Consolador está com cada um de nós, orientado e conduzindo pelo caminho que nos leva a vida eterna. Que assim seja. Amém.

Nenhum comentário: