Comunidade Evangélica Luterana "Cristo"

Endereço: Rua Lincoln Byrro, 1520, Bairro São Paulo - Gov. Valadares, MG - Cep.: 35030-280;
Tel.:(33) 3021-6056;
E-mail: celcgv@gmail.com - Pastor Jadir Carlos Mundt
CULTOS AOS DOMINGOS ÀS 9H

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Mensagem - Como Viver uma Vida Pura?


Como viver uma vida pura?
GoVal – 07/10/12
Textos Bíblicos: Salmo 119.9-16; Eclesiastes 5.10-20; Hebreus 4.1-13(14-16); Marcos 10.23-37
Régis Duarte Müller

Como pode o jovem guardar puro o seu caminho? Eis a questão!
Sim! Eis a questão! Porque o caminho é cheio de armadilhas, tentações, ilusões, enganações, ciladas... Neste caminho encontra-se o jovem; encontra-se todas as pessoas; encontram-se os cristãos.
Mas fica a questão, que armadilhas, ciladas, enfim, são estas? São as tentações da carne, o desejo, o sexo, a ganância. São as tentações do mundo que cada vez mais nos afastam da moral, da ética, da cidadania; esquecendo do mandamento de amar o próximo como a sí mesmo, e entregando-se ao individualismo, buscando os próprios interesses e passando por cima dos outros. São as tentações do inimigo, que conhece nosso ser, nossos pontos fracos, e por isso acusa, intimida e enfraquece nossa fé.
Essas constatações são realidades na vida de cada um de nós, que individualmente sofremos e enfrentamos. Mas, se prestarmos bem atenção, notamos que essa questão já foi escrita a muito tempo atrás, muitos séculos passados. Desta forma, a dificuldade no caminho do jovem, e no caminho de cada um é uma realidade e sempre existiu.
Manter o caminho puro não é uma tarefa fácil. Pois, parece que onde quer que vamos ou façamos, há pessoas e coisas querendo destruir a nossa fé em Deus e nosso amor pelo Senhor Jesus. São aquelas pessoas na escola que oferecem drogas, outros tentam seduzir para o sexo. A televisão influência negativamente com suas programações imoraes e idólatras.
Acontece que o fato de alguém nos conversar e convencer a fazer coisas erradas não tira o implacável resultado da lei contra nós. Perder o caminho da pureza no coração, ser enganado, cair em ciladas, é afastar-se de Deus e cair no mais implacável de todos os julgamentos: O julgamento e a condenação para a Morte.
É bem verdade que no fundo, bem no fundo, todos tem medo da morte. Por causa disso, acabam colocando a confiança em coisas passageiras. Alguns confiam nas posses, e depositam a vida para alcançar grandes finanças. Outros confiam em prodígios, e buscam alternativas através de revelações e advinhações. Mas tudo isso é ilusão, como diz Salomão: “Vaidade de vaidades, tudo é vaidade” (Ec 1.2b). Então, ouvimos seu próprio testemunho: “Disse comigo: vamos! Eu te provarei com a alegria; goza, pois, a felicidade; mas também isso era vaidade... Empreendi grandes obras; Edifiquei  para mim casas; plantei para mim vinhas. Fiz jardins e pomares para mim e neste plantei árvores frutíferas de toda espécie... Considerei todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também o trabalho que eu, com fadigas, havia feito; e eis que tudo era vaidade e correr atrás do vento, e nenhum proveito havia debaixo do sol” (Ec 2.1, 4, 5, 11).
Salomão deixa bem claro a todos que nada adianta colocarmos nossa confiança no dinheiro, que apenas traz preocupações e problemas, e quando partimos nada levamos dele. O conselho de Salomão é para aproveitarmos a vida de acordo com os bens que recebemos com o suor do trabalho e isso é dom de Deus.
Frente a tudo isso, estamos nós. Diante das tentações, das ilusões e vaidades. Então, vem a questão: Como pode o jovem guardar puro o seu caminho? Como poder conservar pura a sua vida?
A resposta vem nas palavras do Salmista: É só obedecer aos ensinamentos do Senhor. É viver de acordo com os ensinos de Deus.
Esse é o simples conselho para quem quer viver uma vida justa e regrada. Os ensinos de Deus é a pura Palavra de Deus, a qual é viva e eficaz e corta mais que qualquer espada de dois gumes, penetra a ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta a discernir os pensamentos e propósitos do coração (Hb 4).
Não é que obedecendo aos ensinamentos do Senhor vamos deixar de sofrer tentações, que não vão aparecer ciladas. Mas quem tem a Palavra de Deus, que medita nela, estuda e a busca tem uma grande certeza: A Palavra de Deus pode dar forças, coragem e esperança para enfrentarmos qualquer situação.
É a Palavra de Deus que nos ensina o mais precioso dos mandamentos: “Amarás o Senhor teu Deus de todo coração, e o próximo como a ti mesmo”. Nos mostra que não devemos confiar em coisas passageiras, como o dinheiro, pois “é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus” (Mc 10.25).
Não é pelo fato de ser rico, mas porque deposita a vida, a confiança e tudo o mais nas riquezas. É como se o dinheiro e os bens fossem o seu Deus, e nada pode estar entre nós e Deus. Pois a ele, e somente a ele, deve ser rendida toda honra, glória e louvor.
Os textos bíblicos de hoje nos concedem belos exemplos de sabedoria. Viver a vida com sabedoria é fundamental. Esta sabedoria passa em torno das respostas para as perguntas: Como permanecer puro? E, O que é riqueza? Permanecer Puro é Viver os ensinos de Deus. Além disso, Herdar o reino dos céus é a maior de todas as riquezas.
Que assim, cada um de nós possa permanecer fiel a Deus e obedecer a seus ensinos. A fim de que, quando chegar nossa hora, tenhamos a alegria de desfrutar da bem aventurança eterna. E assim, viver eternamente com Deus e todos os santos.
Em nome e por amor de Jesus Cristo. Nosso único e suficiente Senhor e Salvador. Hoje e sempre. Amém.

Nenhum comentário: