Comunidade Evangélica Luterana "Cristo"

Endereço: Rua Lincoln Byrro, 1520, Bairro São Paulo - Gov. Valadares, MG - Cep.: 35030-280;
Tel.:(33) 3021-6056;
E-mail: celcgv@gmail.com - Pastor Jadir Carlos Mundt
CULTOS AOS DOMINGOS ÀS 9H

domingo, 21 de abril de 2013


Tema: Lavados pelo Sangue do Cordeiro.
GoVal 21/04/2013
Régis Duarte Müller
4° Dom de Páscoa – 21/04 a 28/04/2013

Textos Bíblicos: Salmo 23; Atos 20.17-35; Apocalípse 7.9-17; João 10.22-33

Uma coisa necessária na vida das pessoas é ‘lavar roupas’. Ninguém gosta de andar com as roupas sujas, e por isso, após um dia cheio de trabalho, colocamo-las para lavar. Seja
a pessoa que trabalha no escritório, ou aquele que trabalha na rua, todos precisam lavar as roupas porque sujam com poeira, suor e muitas outras coisas. Na verdade, ficamos desconfortáveis, não nos sentimos bem ao vestir uma roupa suja.
Algo semelhante acontece conosco. Após um longo dia de atividades, acabamos cometendo muitas falhas, erros e pecados que ‘sujam’ nosso coração. Ao fim do dia vêm à nossa mente as palavras indelicadas que falamos para alguém, as agressões, as trapaças, a negação a Deus, os pensamentos inconvenientes e a imoralidade ética, social e sexual... Tudo isso deixa-nos imundos, e precisamos ser limpos.
Do mesmo modo como as pessoas se sentem mal com as roupas sujas, os cristãos também se sentem mal com o coração sujo, por isso, também precisamos ‘lavá-lo’. Contudo, não usamos nenhum tipo de alvejante, cloro ou sabão, mas lavamos nosso coração com o sangue do Cordeiro, de modo que ficamos limpos.
Na leitura da epístola, encontramos a visão de João da Igreja Celestial. Ao dialogar com o ancião, João é questionado: “Quem são estes de vestes brancas, e de onde vieram?” (v13).
Aquela multidão (Ap 7.4 – 144 Mil) que João viu  é fruto da Palavra da salvação, na qual
creram. Todos eram pecadores, mas confiaram na mensagem de Salvação, e agora, os mesmos pecadores foram vestidos de talares brancos.
Essa multidão é proveniente da grande tribulação, a qual entendemos pela soma de todas as tribulações pelas quais os fiéis tem de passar antes de entrar no gozo da grande e eterna glória no Céu, como nos lembra At 14.22 “através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus”.
A mensagem de Deus é de esperança e de salvação. Mas antes disso muitas coisas acontecerão com os cristãos, as quais são descritas por “muitas tribulações”.
Quais são as suas tribulações? Que tipo de aflições você tem enfrentado? Como você tem lidado com estas angústias?
O texto de Apocalipse deixa entre linhas alguns motivos de tribulações, como vemos: as perseguições enfrentadas pelo povo de Israel; talvez as tribulações que viriam pouco antes do retorno de Cristo; Talvez a destruição de Jerusalém, conforme Mateus 24.21... Mas, de modo geral, todos enfrentarão tribulações.
Como fonte das tribulações, podemos encontrar três culpados: Nossa própria natureza; O mundo em que vivemos; e o diabo. Enfrentamos tribulações causadas por nossa própria natureza corrupta e maldosa, pensamentos e atos que causam consequências desastrosas; O mundo tenta nos convencer de que o errado é certo, tudo é relativo, o importante é viver o momento; e o diabo, nosso maior inimigo, não deixa de preparar armadilhas e tentações para nos induzir ao erro.
Deixar-se seduzir pelas tentações é correr o risco de enfrentar uma tribulação muito pior que as dificuldades deste mundo, deixar-se seduzir é correr o risco de sofrer a tribulação do inferno eternamente.
É notável que a vida é repleta de problemas a serem resolvidos, de dificuldades a serem enfrentadas, além das tentações e provações que precisamos encarar. Isso tudo acontece por que não temos a promessa de vida tranquila aqui na terra. Contudo, atravessando a grande perseguição, todos que permanecerem fiéis alcançarão a vida eterna de completa tranquilidade no céu (14-17).
Diante das tribulações e angústias que iremos enfrentar será necessário perseverança e fé, a fim de serem “bem aventurados aqueles que sofrem por causa da justiça” (1Pe 3.14), concretizando-se, assim, as palavras do Apóstolo Pedro.
Esta bem aventurança que Pedro fala está disponível para todas as pessoas, para todos que enfrentarem e vencerem as tribulações deste mundo, na verdade, para todos que forem lavados de seus pecados pelo sangue do Cordeiro.
Queridos irmãos, gostaria de lhes dar uma ótima notícia: Na verdade, essa lavagem purificadora já começou em nossa vida em ocasião do Batismo, a saber, “o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo” (Tt 3.5).
Deste modo, assim como lavamos nossas roupas, precisamos diariamente renovar nosso voto batismal, de forma que cada dia aqui na terra seja um dia para “lavar nossa roupa”. Que cada dia possamos “lavar nossa roupa” com o sangue do Cordeiro “razão por que (muitos) se acham diante do trono de Deus” (v.15).
A promessa de Deus é maravilhosa, pois os cristãos e todos que forem lavados e alvejados se encontrarão vestindo talares brancos no Céu e na presença de Deus, e “Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes de água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda a lágrima” (v.16-17).
Que assim, possamos ser lavados pelo sangue do Cordeiro e viver na esperança de um dia morrer no Senhor e viver para sempre ao lado do Bom Pastor Jesus, sendo guiado a pastos verdes, águas de descanso, veredas de justiça e habitando eternamente com o Senhor. Que assim seja! Amém.


Fonte:
Bíblia Sagrada com Reflexões de lutero;
Manual Bíblico SBB;
Bíblia de Recursos para o Ministério com Crianças - Apec;
Apocalipse Tempo de Conhecer os mistérios de Deus e suplicar: Vem, Senhor Jesus! Johannes H. Rottmann

Nenhum comentário: