Comunidade Evangélica Luterana "Cristo"

Endereço: Rua Lincoln Byrro, 1520, Bairro São Paulo - Gov. Valadares, MG - Cep.: 35030-280;
Tel.:(33) 3021-6056;
E-mail: celcgv@gmail.com - Pastor Jadir Carlos Mundt
CULTOS AOS DOMINGOS ÀS 9H

sábado, 24 de agosto de 2013

Cadeira Cativa.

Tema: Cadeira Cativa.
GoVal/Conselheiro Pena 25/08/2013
Régis Duarte Müller
14° Dom Ap Pentecostes – 25/08 a 01/09/2013
      
Textos Bíblicos: Salmo 50.1-15; Isaías 66.18-23; Hebreus 12.4-24(25-29); Lucas 13.22-30

Creio que todos nós temos nossos lugares preferidos, seja onde for que estivermos. Aqui, neste culto, por exemplo, muitos de vocês devem estar sentados em ‘seu lugar’, lugar no qual sentam em todos cultos. O mesmo deve acontecer na casa de vocês, e em outros mais. Nós tornamos cativos determinados lugares.
Talvez nós tenhamos um lugar cativo na Igreja, um lugar na sala (cadeira do papai) ou na mesa de refeição. Mas posso dizer mais, temos um lugar cativo no céu. Esse lugar foi garantido por Cristo, e ele mesmo está preparando para nós.
Contudo, durante o tempo que passamos aqui na terra, Deus nos avisa, ensina, corrige, porque não quer ver nenhum de seus filhos se perdendo no caminho.
O caminho é muito estreito e com frequência encontramos estradas mais largas e bonitas, sem, contudo percebermos que ela tem um fim. É para avisar sobre os caminhos de enganação que Deus nos corrige e admoesta. Hora, o que Deus faz conosco é muito parecido com a correção que nossos pais fizeram e fazem. Ou seja, se fazemos algo errado, nosso pai nos corrige, mostra que fizemos algo errado agindo mal, e muitas vezes nos castiga. Assim, nosso Pai do céu também nos corrige quando agimos mal e praticamos pecados.
Deus não quer que nenhum de seus filhos se perca no caminho, pegue a estrada errada, por isso, com amor, ele exorta e corrige. Ele faz isso com todos seus filhos, pois não quer que nenhum se perca. Nessa vida, as dificuldades vêm para todos, e por isso precisamos estar preparados espiritualmente, a fim de recarregarmos nossas energias para vencer as dificuldades.
O texto de Hebreus nos mostra um exemplo claro de despreocupação espiritual. Com o fim de nos alertar, para permanecermos em paz e puros, Hebreus 12 mostra a importância de buscarmos uma vida de santificação. Esaú não tinha essa preocupação. Por isso vendeu sua primogenitura por um banquete, e por isso foi considerado impuro ou profano, e não conseguiu de volta o que tanto desejava. Rejeitado, Esaú não encontrou uma forma de mudar o que havia feito (Hb 12.16-17).
Esaú abriu mão da graça que possuía, e por isso foi rejeitado. Assim, também, nós
recebemos de Deus a graça da salvação, mesmo sem merecer. Contudo, viver em desacordo com os ensinos de Deus, desviar da estrada e pegar caminhos mais ‘desejáveis’, podem ser cruciais para nossa vida. Esaú desmereceu sua primogenitura, assim ele desprezou seu direito por um prato de ensopado. Por coisas semelhantes, muitas vezes desmerecemos ou desprezamos a graça de Deus. Acontece que quando voltarmos a porta poderá encontrar-se fechada. E mesmo que tentemos uma forma, assim como fez Esaú tentando receber a bênção, ou como fizeram aqueles homens que quando voltaram e encontraram a porta fechada. Contudo, já será tarde!
É por isso que Deus nos corrige, para não fazermos nada que possamos nos arrepender depois. Afinal de contas, todos já receberam sua maravilhosa graça, a saber, a salvação em Cristo Jesus. Portanto, nós temos uma ‘cadeira cativa’ no céu. Esta ‘cadeira’ é o próprio Jesus que nos assegura.
Talvez, nos perguntemos: Mas como posso ter tamanha certeza disso? Bom! Nossa certeza está na obra de Cristo na cruz, no seu sofrimento e tortura, na sua morte e ressurreição em nosso lugar; Podemos ter certeza pelo Batismo que nos lava dos pecados e nos faz viver em espírito e em verdade, como adoradores de Deus; podemos ter certeza pela Santa Ceia que recebemos, a qual nos oferece o perdão dos pecados, vida e salvação; podemos ter certeza disso pela Palavra de Deus, que nos mostra, afirma, testifica, corrige e ensina.
Talvez nós tenhamos nosso lugar preferido, lugar que sentamos aos domingos, nossa ‘cadeira cativa’ na igreja.  Mas, de fato, para que Deus mantenha nossa ‘cadeira cativa’ no céu, basta permanecermos fiéis a Jesus, e seguir no caminho estreito, superando as dificuldades e provações desta vida. É isso que Deus espera de nós, pois ele quer nos ver em sua presença, quer que nós o busquemos nos dias de angústia. Deus quer nos consolar, como afirma o Salmo 50.15: “Invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás”.
É incrível saber que temos um Pai tão bondoso, que nos ama, nos corrige e orienta. Por isso, sejamos agradecidos a nosso Pai, adorando-o em espírito e em verdade, a fim de agradá-lo. Pois já fomos aceitos por Deus graças ao Sacrifício de Jesus, o nosso Sacerdote Perfeito.
Sendo assim, todos que manterem a fé em Cristo e perseverarem nas provações receberão sua ‘cadeira cativa’ no céu. Que Deus nos abençoe, a fim de permanecermos sempre bem próximos dele, a fim de herdamos, como filhos, a morada celestial. Amém.


Nenhum comentário: